MENU

“Há uma intolerância muito grande”, diz Fernanda Brum sobre cristofobia

Cantora participou do The Noite, programa apresentado por Danilo Gentili


Fernanda Brum no The Noite
Fernanda Brum no The Noite

A cantora e compositora Fernanda Brum foi uma das entrevistadas no programa The Noite, exibido na última sexta-feira (14) pelo Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). A atração é apresentada pelo humorista e jornalista Danilo Gentili.

Na ocasião, Fernanda falou de vários temas, como sua carreira, que soma 25 anos este ano e também de seus envolvimentos com missões e instituições, como Mais e Portas Abertas.

“Há mais de 200 milhões de perseguidos no planeta. Você não pode ser cristão, não pode falar na televisão que é cristão, porque vai ser morto em praça pública. Há uma intolerância muito grande”, disse a cantora.

Leia mais

Brum analisou o cenário global para o cristianismo. “Há mais cristãos martirizados hoje no planeta que no tempo dos discípulos. Em alguns países da África você não pode cantar uma canção evangélica”, afirmou.

Além disso, a intérprete também divulgou o livro que conta sua história de vida. “O livro trata de assuntos sobrenaturais, trata de conversão mesmo, de gente que largou o pecado, tipo eu, e mergulhou no Evangelho puro e simples”.

“Porque sinceramente, o Evangelho não é pesado, não é um bicho de sete cabeças, é liberdade, é transformação, é deixar de fazer o que estava errado, começar a fazer o que é certo, ter unidade com o irmão, ser tolerante com o outro, apesar de discordar…”, contou.

Por fim, Fernanda mostrou seu deslumbre com a fé cristã. “O Evangelho é lindo. Se as pessoas não tivessem tanta encrenca com a Igreja, teriam mais experiências com o Evangelho”, opinou.

Assista:




Deixe seu comentário!