Preto no Branco grava disco em Belo Horizonte

Projeto tem participações de Lorena Chaves, André Valadão e Priscilla Alcantara


Preto no Branco grava disco em Belo Horizonte

A banda mineira Preto no Branco gravou, nesta última quarta-feira (23), o projeto Preto no Branco 2. Sucessor do disco Preto no Branco, lançado pela Balaio Music/Sony Music e que revelou o grupo nacionalmente pela música “Ninguém Explica Deus”, possui produção musical de Weslei Santos e direção de Alex Passos.

O projeto foi gravado no alto de um prédio de Belo Horizonte e conta com uma concepção artística que difere do primeiro trabalho a não utilizar como base os comuns shows ao vivo para constituir o material que será distribuído nas plataformas digitais. Alex Passos disse que o álbum é “um projeto bem ousado e bem forte”.



Weslei Santos, revelado pelo Horanona, e membro da formação original da banda, assina mais uma vez a direção musical e explica as mudanças da obra. “A produção deste projeto está caminhando em cima de tudo aquilo que a gente está tocando na rua, e de nossa metamorfose como músicos. Não é nada forçado, é algo natural, que sai da gente”, disse em entrevista à Rede Super.

Outra novidade do projeto é a participação dos mineiros Lorena Chaves e André Valadão, além da cantora Priscilla Alcantara e os músicos Bruno Pividori, Braguinha e Marcos Melo, que fazem as execuções instrumentais ao lado de Weslei e Clovis Pinho.

Pinho falou sobre suas visões acerca da notoriedade alcançada pelo conjunto e pelo repertório autoral que está saindo do forno. “A expectativa é a melhor possível, porque a gente é uma banda que nasceu no meio digital e logo fomos abraçados por esse universo”.



O músico, responsável pela autoria de “Ninguém Explica Deus”, agora coloca suas expectativas na inédita “O Que Fizeram de Você”. “Assim como ‘Ninguém Explica Deus’ foi uma canção que impactou muitos corações, eu acredito que esta canção também vai impactar os corações de fora para dentro da igreja”, acredita.




Deixe seu comentário!