MENU

Pregador Luo relata depressão: “dias sombrios que ofuscaram a minha vida”

Cantor fala sobre período difícil que tem passado: "To saindo disso em nome de Jesus"


Pregador Luo
Pregador Luo (Foto: Reprodução / Instagram)

O rapper cristão revelou no último sábado (23) que está sofrendo de depressão, um problema que aflige milhares de pessoas em todo o mundo.

Por meio de um vídeo publicado em seu perfil no Instagram, o artista afirmou que luta há oito meses, mas que já está se recuperando. “Estou saindo da depressão, graças a Deus! Foram dias sombrios que ofuscaram toda a beleza da minha vida. Dias que quase puseram fim a minha existência, quase. Eu não tinha fome, sono, apenas choro e dor. Chorava várias vezes ao dia”, explicou Luo.

A depressão acontece, entre outros fatores, pela baixa nos níveis de neurotransmissores no cérebro que são responsáveis pela sensação de prazer e de bem-estar.

Vários motivos o levaram a esse quadro, como decepções, traumas, estresse, perdas, mas a cirurgia que ele precisou fazer na coluna potencializou a depressão.

No desabafo, o cantor aproveitou para fazer um alerta que a doença afeta não só o lado psicológico, mas também a parte física. Ele ainda revelou que a cirurgia que precisou fazer na coluna foi o estopim para um problema que vinha se agravando por causa de traumas e perdas.

“Sei que a vida é um presente e não um fardo. Me foquei no valor desse presente. Mas dessa vez o pranto me abateu de tal forma, que desisti de tudo. Passei quase 8 meses com dificuldade para me relacionar, sair de casa, trabalhar, compor, levantar da cama… deixei de viver. Meu problema na coluna e a cirurgia de coluna pela qual passei só fizeram agravar esse quadro”, completou.

Assista o desabafo do cantor!

Estou saindo da #DEPRESSÃO, graças a Deus!
Foram dias sombrios que ofuscaram toda a beleza da minha vida.
Dias que quase puseram fim a minha existência, quase.
Eu não tinha fome, sono, apenas choro e dor. Chorava várias vezes ao dia.
Algumas vezes com motivo, outras sem motivo nenhum.
Sempre percebi que sou um cara melancólico, e passei por outras depressões ao longo da vida, mas também sempre lutei contra isso. Sei que a vida é um presente e não um fardo. Me foquei no valor desse presente.
Mas dessa vez o pranto me abateu de tal forma, que desisti de tudo.
Passei quase 8 meses com dificuldade para me relacionar, sair de casa, trabalhar, compor, levantar da cama… deixei de viver. Meu problema na coluna e a cirurgia de coluna pela qual passei só fizeram agravar esse quadro.
Mesmo tendo uma boa esposa, uma boa casa, uma carreira dos sonhos, eu me vi destituido de tudo. Minha alma passou a não valorizar mais nada. Eu me sentia refém da situação, sem poder fazer nada a respeito.
O que me levou a isso? Traumas, decepções, stress, angústias, perdas, mas sem dúvida, o desequilíbrio químico no cérebro. Por isso a depressão. Ela não é algo apenas emocional, mas orgânico, configura uma doença. É uma patologia de fato. A deficiência na produção e nos níveis de neurotransmissores no cérebro altera completamete o estado de espírito e de humor. Se você sofre de algo parecido, procure médicos que possam ajudar você a detectar essa doença. Eu estou vencendo essa luta e saindo desse deserto pela força do Senhor, porque pessoas queridas oraram por mim e se achegaram para dar apoio. Mas também estou me restabelecendo graças aos médicos que me ajudaram e aos remédios que eles me receitaram. Não deixe que o mal te vença, mas vença o mal com o bem. O bem que existe nas pessoas, na vida e em você. A noite pode ser longa, fria e cheia de temores, mas ela nao é capaz de impedir que um novo dia nasça. O melhor está por vir, já estou voltando. #DERROTEaDEPRESSAO 👊🏾❤

A post shared by 🙏🏾Pregador Luo🙌🏾 (@pregadorluo) on




Deixe seu comentário!


Mais notícias