MENU

Eyshila testemunha agir de Deus em meio às dificuldades

Cantora conta que “agora meus sonhos são muito mais ligados às pessoas do que às coisas”


Eyshila
Eyshila

Recentemente, Eyshila participou do programa de entrevistas “Promessas no G1” onde falou sobre seu casamento e sua família. Ela deu detalhes sobre sua história de amor e contou sobre os momentos mais difíceis de sua vida.

Entre eles o período em que ajudou o marido a superar a dependência química e como o casal sofreu pela perda do filho. A cantora revelou que conheceu o marido na igreja e não imaginava que ele poderia ter problemas com drogas.

Leia mais

“Eu tinha 17 anos quando me apaixonei por um homem da igreja, filho do pastor, e no decorrer do namoro eu descobri que ele era viciado em cocaína e maconha”, relembra. Segundo ela a luta foi muito grande, e mesmo assim decidiram se casar.

O casamento de quase 23 anos “sobreviveu a muitas tempestades”, afirma. “O primeiro ano de casamento foi muito difícil, muitos desistiriam, mas eu acreditei na promessa de Deus”, explica a cantora. Ela ressalta que disse ao marido “eu creio num Deus que opera em nós o querer e o realizar”.

Ela conta também que, na ocasião, decidiu esquecer que o marido era um viciado, e passou a amá-lo incondicionalmente. “Se o amor não curar, não são os gritos, a confusão dentro de casa, nem o ódio, a rejeição ou o dedo acusando que vai resolver a situação”, revelou.

Ao ser questionada sobre qual conselho ela daria para as mulheres que enfrentam esse tipo de situação, Eyshila respondeu: “Eu sei que é difícil. Mas você precisa entender que antes de ser esposa, você é filha de Deus. E os olhos de Deus estão sobre a sua vida também”.

E complementa dizendo: “Às vezes, Deus não nos tira da situação, mas Ele nos fortalece durante o processo. O amor tem que prevalecer sobre todas essas coisas. E eu louvo a Deus porque lá em casa o amor venceu”.

“Mestre, o vento balançou meu barco”

Depois de cantar a música “Posso clamar”, Eyshila falou sobre a perda de seu filho. “Eu sei que Deus cura quando ele quer. Mas o nosso papel é orar, não é adivinhar o que Deus quer. O Mateus é um milagre que Deus levou”.

A cantora revela que gostaria de ter o filho ao lado dela. “Eu queria que ele estivesse aqui contando para vocês ‘Deus me curou’, mas o Espírito Santo falou ao meu coração: dessa vez o milagre não é o Mateus, dessa vez o milagre é você”, relembra.

Falando sobre a “brevidade da vida” e sobre “o que realmente tem valor”, Eyshila destaca que quando se está dentro de um hospital tudo o que se quer é estar ao lado de quem a gente ama. “Nada mais importa, nem as contas, o carro, a casa ou os sonhos materiais”, ela diz. E reforça “agora meus sonhos são muito mais ligados às pessoas do que às coisas, porque agora, eu entendo muito mais do que antes, qual é o valor de uma vida”, conclui.

Assista!



Assuntos:


Deixe seu comentário!


Mais notícias