MENU

Estrela da música gospel conta como superou a insuficiência renal

"Minhas músicas são para lembrar que o mundo não gira em torno de mim", declara Liz Vice.


Liz Vice
Liz Vice. (Foto: Brian Blauser /Mountain Stage)

Com uma carreira em ascensão, a cantora gospel Liz Vice está lançando um novo álbum com vigor renovado. De família pobre, criada por uma mãe solteira junto com seus cinco irmãos, ela tem um forte testemunho de superação.

Aos 15 anos ela foi diagnosticada com uma grave doença renal autoimune, que acabou deixando-a com insuficiência renal. Isso quase lhe custou a vida. Nos sete anos seguintes, ela enfrentou doloridas sessões de hemodiálise, infecções hospitalares, insuficiência cardíaca e a expectativa de morte quase constante.

Leia mais

“Em vez de rezar para ser curada”, revela Vice, “estava tão cansada que pedia que Deus me levasse. Mas todas as manhãs, logo que acordava, decidia viver aquele dia ao máximo”.

De família católica, ela se converteu na adolescência. Somente em 2005, aos 22 anos, a cantora conseguiu um transplante de rim, permitindo que voltasse a ter uma vida normal. Ela atribui isso à intervenção divina.

O sonho era uma carreira musical e isso começou na igreja Door of Hope, em Portland, no Oregon, onde participava da equipe de louvor.

Um domingo de manhã, Liz Vice foi chamada para fazer um solo na frente de toda a igreja. “Eu me lembro de como estava nervosa. Senti como se todos os poros do meu corpo se abrissem. Fechei meus olhos e senti como se estivesse sozinha, em meu quarto, cantando para Jesus”, lembra.

“Quando a música acabou, abri os olhos e percebi que estava na frente de uma congregação”, comemora. A partir dali, com o apoio de seu pastor, Josh White, Vice gravou seu primeiro álbum.

“Eu acho que ter sérios problemas de saúde, ter ficado perto da morte dos 15 aos 22 anos me fez querer correr riscos. Minhas músicas são para lembrar que o mundo não gira em torno de mim. Essas músicas, essas verdades, me salvam de mim mesma, das minhas dúvidas. Não é para buscar a fama”, conta.

O sucesso comercial veio quando ela conseguiu espaço em rádios seculares, que passaram a tocar suas músicas, cujos arranjos fogem ao lugar comum das cantoras do gospel. Além das letras que falam sobre fé de maneira poética, sem jargões religiosos, o tom de voz de Vice lhe rende comparações com Adele.

Em seu segundo álbum, “Save Me” lançado este mês, ela canta na faixa-título. “Neste mundo temporário/ cansei minha língua com conversas vazias/ com as mentiras do inimigo/ Qual caminho devo seguir?/ Salve-me de mim mesmo/Liberte-me do meu inferno particular/ Frustrada e confusa/ oro o dia todo e a noite toda/ Como posso continuar essa luta?/Para onde eu posso ir?/ Tu sabes”. Com informações de God Reports e NBC

Confira a canção “Save Me”:

 




Deixe seu comentário!